Saturday, January 18, 2003

Sou uma pessoa fechada, mas como me abrir se cada pessoa que encontra se mostra um oasis e depois acaba secando como o deserto.
ahhhhhhhhhhh. Quero fugir, quero chorar.
Cada dia mais sinto a solidão. Solidão pior do que qualquer outra, a de pensamento. MEUS PRINCIPIOS... mEUS PENSAMENTOS, COISAS QUE NINGUEM ENTENDE E QUE NUNCA VÃO ENTENDER.
Que chova mesmo, essa droga de vida não fornece oportunidades que queremos. Dificil é saber que somos impotentes, que não detemos todo poder.
Ha algum tempo atras achava que podia tudo, podia mudar o curso da vida. MAS NAO POSSO.
Sou um brinquedo, uma marionete.
Um boneco cansado e rasgado que nao proporciona nenhuma risada a vida.
Perdi a graça de viver, perdi a força.
Perdi o senso.
Perdi.
Perdi.
Achava que ganhava, que era vitoriosa, que conquistava. Mas nada conquistei. Sou apenas uma criança mimada.
Sou uma pessoa fechada, mas como me abrir se cada pessoa que encontra se mostra um oasis e depois acaba secando como o deserto.
ahhhhhhhhhhh. Quero fugir, quero chorar.
Cada dia mais sinto a solidão. Solidão pior do que qualquer outra, a de pensamento. MEUS PRINCIPIOS... mEUS PENSAMENTOS, COISAS QUE NINGUEM ENTENDE E QUE NUNCA VÃO ENTENDER.
Que chova mesmo, essa droga de vida não fornece oportunidades que queremos. Dificil é saber que somos impotentes, que não detemos todo poder.
Ha algum tempo atras achava que podia tudo, podia mudar o curso da vida. MAS NAO POSSO.
Sou um brinquedo, uma marionete.
Um boneco cansado e rasgado que nao proporciona nenhuma risada a vida.
Perdi a graça de viver, perdi a força.
Perdi o senso.
Perdi.
Perdi.
Achava que ganhava, que era vitoriosa, que conquistava. Mas nada conquistei. Sou apenas uma criança mimada.

Tuesday, December 31, 2002

Membros da comunidade You and I....... o ano novo ja mostra sinais... crianças desconhecidas correndo pela minha sala, insuportável calor, vontade de enforcar io primeiro que aparecer....
Ano novo é assim, com rituais e kit desespero, uma rosa branca, lentilhas, pulos nas ondas, um cardápio duvidoso e uma mistura gastronomica.
E quase sempre chove...
E nessas horas que voce pensa... Quero ir embora, quero mudar!!!!!!!!
Mudar de casa, de rosto, de vida... quero encontrar o elijah wood, não, o Frodo, viver nas Montanhas da perdição... talvez seja melhor do que esse inferno....
Mas, tudo passa em um Long december, voce conta ate dez, de preferencia de tras pra frente e em janeiro curte as praias sujas de rituais para Iemanjá... povo porco!!!!!!
Em fevereiro começa tudo outra vez, mesma cara, mesma coisa... mesmo trabalho, e voce se arrepende de ter feito festa para a chegada de um ano IGUAL, com recessoes, crises, falta de grana, desilusoes amorosas.
O jeito é curtir. e depender nãop da sorte nem do ano novo e sim de nossa propria vontade......

Saturday, December 21, 2002

Mal voce foi embora e já sinto saudades.
Olhei pra sua foto hoje, e pensei nos anos que se foram. Nas noites em que passamos bebendo cerveja e rindo um para o ourtro, hesitando em assumir um beijo.
Tudo sempre acabava bem dentro de seu carro depois de uns copos de qualquer coisa que fosse alcólica. O que você chamaria de copos de coragem...
Você participa de todas as minhas fantasias, de todos os meus maiores desejos. Quero você, de um jeito que só as coisas escondidas são obcecadas.
Gostaria de mandar tudo para o alto e dizer pra todo mundo que você me faz sorrir, que seu rosto é lindo, que seu beijo é doce, que sua voz é tudo.
Que essa sua sinceridade me possui e me consome, essa forma de me querer me deixa tonta. Que é excelente pensar em você.
Mas quase tudo é perfeito... a não ser os malditos OUTROS. Que nos afastam, nos separam. Separam não por causa de um impedimento, pois somos livres. Também não por causa de raça, cor, religião... Mas porque... por que? Simplesmente não combinamos...
E aposto que voce, leitor, deve achar que eu sou forte o suficiente para mandar tudo para a ilha do coco verde, mas não sou...
Ao invés de correr atras do que acho certo, fico devaneando sobre o que as pessoas acham certo, com medo de pegar essa pessoa maravilhosa pela mão e beijá-lo no shopping, na rua, ou traze-lo para jantar em casa.
E agora ele me falta... por alguns dias... e tudo que eu tenho é sua foto... e um relógio para lembra-me que falta ainda alguns dias para eu poder tocar naquele rosto lindo de cetim e sentir sua boca de maça, ve-lo pedir um cigarro e provocar meus instintos. Longe de qualquer público....

Saturday, December 07, 2002

É... faz parte do meu show... vamos indo.
Com todas essas loucuras que a vida apronta temos que continuar em pé;
e assim vamos......

Thursday, November 28, 2002

Estou me sentindo tola... como uma parte do quebra cabeça que não se encaixa... Como alguém de paletó na praia... Tola, boba, infantil...
Puxa e sei que não é culpa sua, porque eu tentei de todas as formas fazer o possível para que tudo fosse perfeito, para que tudo fosse belo e do seu agrado. Vigiei suas palavras, esperei seus anseios, busquei seus olhares e montei noites inacreditáveis moldadas 'a seus caprichos.
E ainda assim, é só passar uma desconhecida e voce olha para ela de uma maneira a qual nunca olhaste para mim.
Algo deve estar errado.
Eu devo estar errada.
O tempo deve estar errado e os deuses loucos.
Porque nada faço a não ser querer-te, etentar, tentar, tentar. Mimar, criar, ouvir, entender, adivinhar seus pensamentos, correr, ajudar, apoiar, dizer coisas amenas e bonitas, aprender seus gostos, aprender seu jeito, prender seu olhar, trazer o céu e as estrelas.
Escuta, meu céu enluarado, nada mais posso fazer por ti. Se não me olhas com olhos de ternura ainda, nunca ira olhar, pois fiz o possivel e o impossivel para voce se encantar.
Talvez os Deuses gostem dos maus, pois meu sentimento é puro claro e verdadeiro.
E se eu não fosse a primeira e talvez unica a ter contigo boas intençoes e um mundo inteiro para dividir, talvez seria meu.

Wednesday, November 27, 2002

As folhas de outono já passaram levadas pelo vento, as lágrimas secaram... Os anéis se foram, deixando os dedos, e foi dificil aprender que eles são a parte mais importante.
Agora eu olho os novos projetos, essa energia nova, que voce ajudou a polir com seu olhar.
Olho os amigos novos e as situações e tento não pensar no passado, pois não gosto de perder tempo. Não perderei mais tempo falando dessa parte de minha vida a voce, e ganharei, imaginando aonde poderia aproveitar esses conhecimentos e experiencias.
Agora estou munida de maturidade e paciencia. E dispenso qualquer outra coisa que não ache tão interessante quanto voce...
Pela primeira vez... sou 100 por cento VOCE. E nao importa se demorar mais 2 meses ou 10 anos... eu sei que vale a pena.
Vou devagar, moço, pode deixar...

Tuesday, November 26, 2002

Escuta...
Escuta, menino, voce é especial, voce é lindo.
Lindo porque você não sabe o quanto é bonito, o quanto seu sorriso é poderoso. Lindo porque é um menino e ao mesmo tempo um homem.
Ah, meu menino-homem, quase sempre desgarrado do mundo com a vontade de abraçar essas asas, e sair voando por aí, olhando tudo e todos com a sua visão de raio-x, não tenha medo, porque o medo quse sempre te puxa para outro lado que não o meu. E quero voce cada vez mais perto, mais junto.
Quem é voce que me ensinou a ver os acordes e as notas da vida? Quem é você que me tirou dos trilhos e me fez entender que tudo pode ser diferemte. Porque voce é diferente e me faz sentir diferente.
Ah, meu principe, porque voce exibe todo esse brilho? E depois diz que não é de ninguém que ao mundo pertence?
Porque veste essa mascara tão escura quando eu sei que voce é todo perfumado e sensível, eu te conheço... e quero conhecer cada pedaço de seu mundo.
E sento aqui no mesmo lugar tentando reproduzir todos os seus acordes e notas para tentar ficar cada vez mais proxima.
Ter te conhecido é doloroso e ao mesmo tempo a melhor coisa que ja me aconteceu. Estar perto de voce é pedir para chorar depois que vai embora... mas estar sem voce é como pedir para morrer.
Menino, é voce.